A maternidade com suas dores e delícias
imprimir
23 setembro 2015

Tô dodói!! O que oferecer para a criança comer quando está doente?

Postado por: Rafa Manfroi

Quer saber de uma coisa que mais preocupa as mães? São as crianças doentinhas! E pior ainda é a criança doentinha que não come! Aí é desespero total!

Seja virose, gripe, alergia, diarreia, para a criança qualquer sintoma desagradável vai interferir na aceitação dos alimentos. Quando são bebês geralmente eles só aceitam o aleitamento, materno ou artificial (mamadeira). E para os maiores de 2 aninhos, as refeições principais, almoço e jantar, são as mais prejudicadas.
Nessa hora, já vi muita mãe oferecer refrigerante, levar à fast foods e até fazer panqueca de madrugada para ver o filho comer alguma coisa. Mas para tudo tem limite, lembram?

to dodoi

Além de ser importante a própria ingestão calórica e de nutrientes no período de convalescença, para a recuperação da doença, é preciso observar a adequação dos alimentos aos sintomas, por exemplo, se a criança tem diarreia, comer o docinho preferido pode não ser uma boa escolha. Ou mesmo, com gripe oferecer sorvete, porque é o único alimento que a criança aceita, não é legal!

É importante que fique claro: criança doente come menos! Aceitem esse período sem forçar, sem fazer muitas trocas ou agrados alimentares. Logo passa e o corpinho delas vai recuperar as calorias não ingeridas.
No entanto, durante os dias de cama algumas orientações podem ajudar!

Vale liberar o aleitamento materno, conforme a aceitação da criança. Se for mamadeira, também é normal que eles só queiram o mamá, mas cuidado para não exagerar nas porções e deixar de oferecer os outros alimentos. Essa condição pode interferir demais no comportamento alimentar depois que a doença passar, gerando crianças mais seletivas e recusas alimentares que antes não existiam.

Ofereça os alimentos preferidos da criança, desde que saudáveis. Ou seja, se a criança gosta muito de maçã, tente oferecer de uma maneira diferente, em um pote colorido, cortada de uma forma divertida, ao invés de tentar fazê-la comer uma outra fruta.

Mas atenção aos sintomas que a criança apresenta! Com diarreia é importante reduzir o consumo de vegetais crus, gorduras e leite. Nesse caso, algumas boas opções são: bolo simples e caseiro, como de fubá, laranja; frutas cozidas, como banana e maçã; pães e biscoitos; verduras e legumes somente cozidos, macarrão, arroz e sendo assim, aquela sopinha cai super bem, porque é salgada, dá energia, repõe os eletrólitos e tem muitos nutrientes.

Se for virose, com vômitos, temos que prestar atenção à reposição de líquidos, e nesse caso, estão liberados chás, água de coco, sucos diluídos e até isotônicos (com moderação).
E o mais importante, consulte o pediatra para saber como proceder e medicar. E o nutricionista para adequar o cardápio nesse período!

Xô dodói!
Beijos nutritivos e até a próxima!
Ellen

Nutricionista Ellen Beatriz Pietruszynski

Formada na Universidade Federal de Santa Catarina e com 8 anos de experiência em nutrição infantil, alimentação escolar, culinária infantil e alimentação para bebês.

Gostei

Deixe um comentário:

Comentários

  1. fernanda disse:

    Adorei esse post!!! Muito obrigada pelas dicas #maedetres#

    bj

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

topo