A maternidade com suas dores e delícias
imprimir
23 setembro 2014

Roendo as unhas!!

Postado por: Rafa Manfroi

Se tem alguém que entende dessa mania de roer as unhas, esse alguém sou eu!! Segundo minha mãe eu comecei a roer unhas aos 3 anos e assim foi…. foi não, é!! Sim, tô véia e ainda rôo as unhas! Não na mesma proporção, mas confesso que quando estou mais ansiosa elas sofrem, são aniquiladas as coitadinhas!! 

roendo unhas 2

Como trabalho em escola e tenho contato com muitas crianças, convivo com alguns pais preocupados com os filhos que roem as unhas. Principalmente quando é uma menina, bailarina, de unhas feitas, pintadinhas de rosa e roidas!! As mães querem morrer!!

Esse  hábito de roer as unhas normalmente está associado à ansiedade. Então, é difícil dizer que é apenas uma fase e que logo passa. É preciso descobrir o que está por trás desse comportamento e agir direto na causa, não apenas no efeito!! Passar um esmalte amargo, por exemplo, que sempre foi a sugestão que eu mais ouvi, apesar de ajudar momentaneamente, a longo prazo pode intoxicar a criança e não resolve definitivamente o problema, só mascara. 

A dica é que os pais procurem entender o que está encomodando seu filho. Pode ser uma mudança na rotina, problemas na escola e até mesmo situações dos próprios pais que a criança vem gastando energia para tentar resolver. Converse com ela e pergunte se aconteceu algo que a deixou triste ou o que ela gostaria que mudasse na sua vida caso o Aladim da lâmpada mágica aparecesse, propondo um pedido. Isso te ajudará a detectar o foco do problema, ou da dificuldade (prefiro essa palavra!).

roendo unhas

Outra dica importante e que eu falo com conhecimento de causa, é que quando a vir roendo as unhas, não chame a atenção em forma de punição, briga ou fazendo ameaças, mas converse com ela, lembrando que ela não deve fazer isso, que as mãos são sujas e levam bactérias e sujeirinhas até a boca. Tente também ajudá-la a mudar o foco, pedindo que ela faça alguma atividade que envolva as mãos, ou simplesmente busque algo para você na cozinha. Isso tira a atenção das unhas sem gerar ainda mais ansiedade!!

Elogios também são bem-vindos e fazem com que a criança tenha ainda mais desejo de melhorar! 

Boa sorte!! E que ai eles não demorem tanto pra largar as unhas como aqui!!

Com carinho, Rafa.

Gostei

Deixe um comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

topo