A maternidade com suas dores e delícias
imprimir
28 junho 2015

Meninos que usam rosa, brincam de barbie, vão pra cozinha e tornam-se grandes homens!!

Postado por: Rafa Manfroi

Essa história de que menino não pode usar camiseta rosa nem brincar de bonecas não está com nada! Podem me criticar, mas defendo a teoria de que meninos podem ser sensíveis, podem chorar e ajudar na organização da casa secando a louça e tirando a própria roupa suja do chão!!  Assim como sou a favor da fabricação de bonecas com biotipos de diferentes etnias, também levanto a bandeira de que os meninos podem e devem ir pra cozinha!! Tenho plena convicção de que formaríamos homens mais conscientes, se desde cedo eles entendessem que limpar a casa,  cozinhar e cuidar de bebês não são tarefas que devem ser atribuídas a um único gênero, MULHERES!!

davi cozinha
 

Na nossa cultura, homem é aquele que fala alto, dá porrada em quem pisar no seu calo e espera sentando no sofá pela comidinha quentinha, os filhos cheirosos e a mulher linda na cama. Falamos tanto em evolução, mas ainda educamos nossos meninos para serem machões. Entendo que como eu, a grande maioria das mães de meninos se preocupa com sua sexualidade e masculinidade, mas ao invés de estimularmos nossos filhos a dizer “Eu te amo”, a serem verdadeiros no que pensam e sentem, gentis, a priorizarem as mulheres zelando e cuidando delas, damos espadas e luvas de boxe, fomentando a agressividade nos nossos meninos.

Vamos pensar sobre isso mamães! Essa educação machista vai produzir sérios prejuízos a longo prazo, ou nem tão longe assim!! Estimule seu filho a conhecer o mapa mundi, subir em árvores, se defender, mas também a ir pra cozinha, fazer um bolinho, uma panqueca, um macarrão. Além de tornar um momento agradável em família, você estará ensinando seu filho a ser um bom homem e esse talvez seja o grande desafio na educação de meninos, ensiná-los pra que eles amadureçam e se transformem em grandes homens, não só na formação acadêmica, mas também na formação mais importante, a humana!

Beijos com carinho,

Adri. A mãe do pequeno grande homem, Davi!!

 

Gostei

Deixe um comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

topo