A maternidade com suas dores e delícias
imprimir
08 Abril 2013

Irmãozinho!! sim ou não?

Postado por: Rafa Manfroi

a vinda de um irmaozinho

Que alegria!! No dia 14.03 eu descobri que estávamos novamente grávidos!  Antes de tomarmos a decisão de termos um segundo filho, muitas coisas passaram pela nossa cabeça, mas de todas, a que mais pesava, era novamente ter a rotina modificada, o tempo diminuído, as coisas pessoais sacrificadas. Que preguiça dessa parte!! Muitas vezes pensamos em fechar a fábrica, mas existia um desejo interno muito grande de fazer a família crescer mais um pouquinho e também de dar essa oportunidade maravilhosa para a Bibi de ser irmã!!

À noite, minha prima que acaba de ter o segundo filho, uma menina, me ligou para dar os parabéns e disse algo lindo: “Rafa, este bebê não é só mais um filho pra vocês, ele é alguém que dará a oportunidade da Bibi se tornar irmã!!” Que maravilhoso isso!!

Foi um dia cheio de alegrias! Minha mãe correu pra casa me abraçar, meu marido levou  flores  lindas pra mim e para Bibi, meu irmão e minha cunhada foram me visitar, minha sogra já queria começar a fazer babitas e amigos de todos os cantos me mandaram mensagens e telefonemas. Amigas de longe ligaram para compartilhar dessa alegria comigo! E a Bibi…ahhh, a Bibi ficou eufórica, dando beijos na minha barriga e correu colar adesivos de princesa no berço que é pra ver se nasce uma menina!! ( quero só ver)

Uns dias depois, uma amiga minha postou no face uma foto linda dos filhos e um texto muito fofo que resume essa questão “ter ou não ter o segundo filho”

Obrigada Tathi por compartilhar esse momento conosco, nós ganhamos muito!

“Há quem diga que um irmãozinho seria um gasto a mais, que diminuiria a qualidade daquilo que você já oferece a seu filho, diminuiria o seu “padrão de vida”, mas… a verdade é que um irmãozinho é um dos melhores presentes que podemos oferecer a nossos filhos. Com um irmãozinho a criança aprenderá a repartir, dialogar, compreender, dividir a atenção, brincar, tolerar… aprenderá a amar e ser amada. Há sempre uma doce cumplicidade entre os irmãos. Com os irmãos aprendemos a viver em sociedade, aprendemos a viver em comunidade. Quem tem um irmão terá um amigo fiel para o resto da vida”!

Beijos no coração,

Rafa.

Rafa Manfroi é psicóloga clínica e escolar, especialista em casais e familia. Trabalha há mais de 10 anos com Educação e é autora do Blog Vamos Educar.

Gostei

Deixe um comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

topo