A maternidade com suas dores e delícias
imprimir
25 junho 2015

Crianças pequenas precisam basicamente de amor e rotina.

Postado por: Rafa Manfroi

Quando nos tornamos mães algumas mudanças são simplesmente inevitáveis. Nosso foco muda e nossas prioridades também. Isso não é ruim, é natural e na verdade precisa mesmo que a gente sofra um reajuste em prol das necessidades desse bebê que chegou, para garantirmos sua saúde, conforto e bem estar.

Em função disso, uma nova rotina se estabelece: a casa adormece mais cedo, os alimentos são escolhidos com mais critério, os programas feitos antes já não são mais mantidos com a mesma frequência. Aliás, arrisco dizer que amor e rotina são as coisas mais importantes na vida de uma criança pequena.

Escuto muitas mães dizendo que seu filho come mal, dorme muito tarde, é agitado de mais, não presta atenção às orientações dadas em casa ou na escola e percebo que não raro, essas famílias não têm rotina. Quando falo de rotina não me refiro à rigidez completa, mas por outro lado, acredito que quanto mais rígidos formos no primeiro ano de vida da criança, mais flexibilidade poderemos ter depois, sem prejuízos.

090913rafaella552

Mas por que crianças precisam de rotina?

Rotina é sinônimo de segurança e crianças seguras se desenvolvem muito melhor, física e emocionalmente. Vocês já notaram como as crianças gostam de assistir o mesmo desenho várias vezes? Isso ocorre porque elas sabem exatamente o que está por vir e essa certeza produz uma tranquilidade incrível!!

É muito importante que nos dias da semana a criança tenha horários definidos para todas as suas atividades do dia e aos sábados e domingos ela tenha mais liberdade e flexibilidade como dormir mais tarde, comer algumas “besteiras” ou assistir mais T.V.

O sono tem a função de restaurar nossa energia e aumentar a capacidade de aprendizado dos nossos filhos, mas vejo que poucas mães (e eu me incluo nessa) lembram de “desacelerar” a criança  antes de colocá-la no berço. É importante que pelo menos 1 hora antes de dormir a casa se acalme, a TV seja trocada por joguinhos mais tranquilos ou historinhas e as luzes diminuam. O cérebro, que está em total atividade, precisa desacelerar e permitir que a criança se aquiete. Quando existe um ritual de sono, dificilmente a criança apresentará dificuldades mais sérias para dormir. Mas uma criança que passa o dia sem rotina, comendo e tirando sonecas em horários bagunçados, que uma noite dorme às 20h e outra à meia noite, tem uma grande chance de se tornar “A criança que dorme mal” ou “A criança que não dorme”. Pudera!

Da mesma forma que uma criança que toma mamá enquanto deveria estar fazendo uma refeição, pode ter sérios problemas com a alimentação saudável no futuro. Ação e reação, percebem? Não tem segredo!! Você não precisa ler 20 livros sobre sono x alimentação, basta que você entenda e valorize a importância da rotina na vida de uma criança.

Educação não é mole gente!! Exige tempo, cuidado e principalmente disposição. Exige, inclusive, que nós nos eduquemos antes de educá-los. Que tenhamos em nós os limites que desejamos dar a eles.

Trabalhoso? Sim!! Mas vale a pena. Quando você colocar seu filho na cama, der um beijo e sair do quarto ou quando fizer um prato cheio de legumes pra ele comer, vai ver que sua disciplina não foi em vão!! Lembrando que pais não sofrem, se doam!!

Bejos no coração de cada um, com amor, 

Rafa.

Rafa Manfroi é Psicóloga Clínica e Escolar, Especialista em Família e Casal e Autora do Blog Vamos Educar.

Gostei

Deixe um comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

topo