A maternidade com suas dores e delícias
imprimir
06 junho 2015

Como as crianças podem colocar a raiva pra fora sem machucar as pessoas ou estragar as coisas.

Postado por: Rafa Manfroi

                                       Colocando a raiva para fora sem machucar as pessoas nem estragar as coisas

Todos nós guardamos sentimentos diversos dentro de nós e um deles é a Raiva. Crianças, assim como adultos, sentem raiva e isso é normal. Existem várias situações onde não há mesmo outro sentimento para sentir se não a raiva, portanto, ela não é um “sentimento errado” como muitos pais e educadores ensinam. Errado pode ser o que resolvemos fazer com ela. Por exemplo: Se uma criança começa a provocar seu filho e passa a fazer isso constantemente, é natural que ele fique com raiva desse amigo. Nesse momento, se ele não souber colocar a raiva pra fora de uma forma positiva, provavelmente vai usa a agressividade batendo, empurrando, mordendo. Isso pode virar uma bola de neve, porque o outro, que começou, pode não estar disposto a parar e essa briguinha poderá se tornar muito séria.

raiva

Mas o que fazer no momento da raiva?

Eu sempre ensino as crianças que se tem um amigo batendo, empurrando ou dizendo algo que o deixe chateado, ele deve:

1.       Segurar firme a mão ou o braço do amigo, olhar pra ele com “uma cara bem séria” e dizer num tom mais alto que o normal: “Você não pode fazer isso comigo, pare AGORA”.  

2.       Deve procurar a professora, que é a pessoa responsável pela sala de aula e contar a ela o ocorrido, pedindo que intervenha junto ao colega agressor.

3.       Em casa deve conversar com seus pais que são as pessoas mais confiáveis e dizer como se sente, pedindo que se necessário converse com a coordenadora da escola.

Essas são atitudes básicas no pedido de ajuda, mas talvez não sejam suficientes para colocar a raiva para fora. Sentimentos como raiva, tristeza, medo, ciúmes ou culpa, não devem ficar guardados em nós, pois podem gerar sintomas psicossomáticos, doenças que aparecem no corpo, mas que são decorrentes das nossas emoções.  

raiva 2

Para que a criança coloque a raiva para fora sem machucar as pessoas ou estragar as coisas, ela pode:

1.       Escrever num diário o que está sentindo

2.       Escrever uma carta e rasgá-la

3.       Gritar dentro de um travesseiro colocando toda raiva ali, ou bater no travesseiro, lembrando que ele não sente dor, mas o amigo sim.

4.       Rabiscar um jornal velho ou uma folha com giz de cera vermelho, depois fazer uma bola e atirá-la na parede com toda sua força.

5.       Pular corda ou fazer qualquer outro exercício. Atividades físicas ajudam a gastar “ “energia ruim”.

Crianças ainda são imaturas emocionalmente e nem sempre conseguem fazer uma boa conexão entre pensamento, sentimento e linguagem, explicando o que aconteceu e o que elas estão sentindo.Algumas, diante dessa dificuldade, acabam deprimindo. Por isso essas técnicas são tão efetivas e auxiliam a criança a colocar essa raiva para fora de uma forma saudável a positiva.

Espero que coloquem em prática!! Vale a pena e não faltarão oportunidade!! 

Com carinho,

Rafa. 

Rafa Manfroi é Psicóloga Clínica e Escolar, especialista em Casal e Família. Trabalha há mais de 10 anos com educação e é autora do Blog Vamos Educar. 

Gostei

Deixe um comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

topo