A maternidade com suas dores e delícias
imprimir
17 abril 2013

A familia começa com o casal!

Postado por: Rafa Manfroi

6100-06581624

Você já parou pra pensar que seu relacionamento conjugal pode refletir diretamente no desenvolvimento do seu filho?

Temos visto no curso "Preparação para a chegada do bebê" a importante influência que o casal (exatamente na função de marido e mulher e não de pai e mãe) exerce sobre a vida dos filhos.

Quando um bebê nasce, é muito fácil desfocarmos do casamento e focarmos as atenções e cuidados exclusivamente na criança, que é totalmente dependente de nós e que necessita de cuidados 24h. É normal, com isso, vermos casais que deixam de sair juntos e de receber os amigos em casa, como faziam antes do bebê nascer, que deixam comportamentos simples do dia a dia como o beijo de bom dia, o abraço, o diálogo, passarem em branco.,

Quando conversam é sempre sobre a pomada e as fraldas que acabaram, quantas vezes o bebê acordou de madrugada, se está chegando a data da consulta com o pediatra e quais as ultimas gracinhas e novidades do desenvolvimento do filho.

A relação do casal vai ficando em segundo plano e eles estão sempre esperando "sobrar tempo"para dedicarem um ao outro, o que geralmente não acontece, tendo em vista a correria e as diversas atividades com a criança. 

É natural que o casal se "desorganize" quando o bebê chega, a final, a vinda de um filho é umas das fases de transição mais significativas para o casal. São muitas novidades e mudanças na rotina que antes era estável e é totalmente normal e aceitável que este casal leve um tempo para se reorganizar. O que não deve acontecer é que ele se adapte e se acostume a essa nova rotina a ponto de não resgatar sua vida amorosa e de cuidados mútuos.

O autor Gary Ezzo cita em seu livro " Preparação para a chegada do bebê" que: "Casamentos fortes oferecem um refúgio seguro para as crianças no período em que crescem e se desenvolvem. Isso é porque os casamentos saudáveis e repletos de amor fazem com que a criança desenvolva uma noção de segurança. Quando o filho observa a amizade especial e a intimidade dos pais, ele se sente mais seguro pelo simples fato de que não é necessário questionar a legitimidade do compromisso que eles assumiram". Essa é a razão pela qual devemos sim demonstrar amor, dedicação e cuidado ao nosso cônjuge na frente das crianças, pois mais tarde, quando o casal faz tentativas de falarem sobre projetos pessoais, assuntos do trabalho, planos de uma casa nova, a criança não aceita: logo interfere, faz barulho, pede colo, chora, faz qualquer negócio para chamar a atenção ao unico ser importante da casa, ele mesmo!!

Por isso, proteja seu relacionamento conjugal e com isso, invista no melhor desenvolvimento emocional dos seus filhos!

Algumas dicas:

Não pare sua vida com a chegada do bebê! lembre-se que você continua desempenhando os papéis de mulher, filha, amiga, profissional e esposa.

Aprenda a aceitar ajuda de amigos e familiares que sintam o desejo de cuidar de seu bebê para que você faça um programa de cuidados pessoais ou uma ida ao cinema com seu amor.

Namore seu cônjuge e preserve os momentos de carinho, um jantarzinho no restaurante favorito ou simplesmente uma massagem nos pés (adooooro).

Cultive o tempo de sofá. Reserve alguns minutos todos os dias para estar com seu cônjuge na presença dos filhos e combine que durante este tempo eles devem brincar sem intorromper o momento de vocês. Isso com certeza manterá a familia toda muito mais saudável!

E pra fechar: "Nós garantimos que os melhores anos da criação do seu filho acompanharão os melhores anos do seu casamento. Proteja o seu relacionamento conjugal e mantenha-o a salvo" Gary Ezzo.

Amem mais e demonstrem mais esse amor!!

Beijos cheios de carinho!!

Rafa.

 

 

 

 

Gostei

Deixe um comentário:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

topo